Novo medicamento para a osteoartrite

Novo medicamento para a osteoartrite

A Doença Articular Degenerativa, é uma doença crônica causada pelo desgaste ou degeneração da cartilagem nas articulações, principalmente dos joelhos, tornozelos e quadril.

Conhecido também como osteoartrite ou mucopolissacaridoses, este sofrimento é causado pela obesidade, já que as articulações têm que suportar um peso muito maior do que deveriam, o que faz com que pouco a pouco se desgastam as cartilagens. Outras de suas principais causas é o uso de cortisonas e a herança. Além disso, foi detectado que é mais comum em mulheres que cursam com a menopausa.

Esta é a razão pela qual, muitas pessoas com Diabetes tipo 2, que apresentam obesidade ou excesso de peso, além disso, enfrentam uma degeneração em suas articulações.

A Doença Articular Degenerativa é o problema reumático mais comum, já que afeta 20% da população e é a principal causa de incapacidade em pessoas com mais de 50 anos.

Perante este panorama, se lançou no mercado um novo tratamento que contribui para a reparação e regeneração das articulações, uma vez que reduz a inflamação, como a dor. Seu nome é Re-generate 3 e trata-se de um suplemento alimentar, de venda livre ao público que, graças às suas 3 componentes naturais, pode também servir como uma medida de prevenção em pessoas propensas a sofrer de degeneração nas articulações seja por herança ou por apresentar fatores de risco como sobrepeso ou obesidade, bem como pessoas que submetem suas articulações a esforços importantes, como os atletas.

Re-generate 3 é o primeiro produto da linha Flexagil, idealizada por Laboratórios Merck, a qual será integrada por vários produtos naturais voltados para o cuidado integral da saúde das articulações.

Se apresente os seguintes sintomas, recomendamos que acudas com o seu médico para descartar que se trata de Osteoartrite:

Dor acompanhado de rigidez nas articulações
Crepitação das articulações
Limitação da função das articulações
Rigidez pela manhã
Instabilidade das articulações.

Lembre-se de não automedicarte.

 

Leave a Reply