Jovens obesos com Diabetes tipo 2 não respondem bem ao exercício físico

Jovens obesos com Diabetes tipo 2 não respondem bem ao exercício físico

O exercício físico faz parte importante do tratamento da Diabetes, pois ajuda a manter os níveis de glicose controlados, no entanto, foi observado que quando a Diabetes tipo 2 se desenvolve com muito pouca idade, existe uma alteração genética que impede que o exercício tem um efeito ótimo e favorece a resistência à insulina.

O estudo realizado pelo Instituto de Investigação Biomédica (IRB Barcelona) e o Trinity College de Dublin, revelou que os jovens com obesidade entre 18 e 25 anos que sofrem de Diabetes tipo 2 têm um funcionamento anormal de proteínas e genes mitocondriais que fazem com que não haja resposta ao exercício.

Durante três meses foi dada três vezes por semana um plano de exercícios a dois grupos de jovens obesos, alguns apresentaram Diabetes e os outros não, posteriormente, realizaram-se biópsias do tecido muscular dos jovens de ambos os grupos e viu-se uma maior atividade das mitocôndrias, os que não tinham Diabetes.

Quando uma pessoa sedentária começa a fazer exercício, há um aumento das proteínas mitocondriais que promove uma maior atividade dessas melhorando a sensibilidade à insulina, no caso dos jovens obesos com Diabetes tipo 2, não houve um crescimento de tais proteínas por isso que o exercício não foi efetivo.

Cada vez há mais jovens que desenvolvem a doença, com a idade, o excesso de peso, os maus hábitos de alimentação e o sedentarismo são as causas, os estudos mostram que é necessário fazer uma distinção mais detalhada entre os pacientes com Diabetes e suas características para determinar tratamentos mais específicos.

Os pesquisadores que realizaram o estudo, têm planos para um próximo estudo clínico para identificar os fatores mais mitocondriais afetados por isso e para o futuro, poder manipular ou corrigir essas alterações de tal forma que estes jovens possam responder também os benefícios do exercício físico.

 

Leave a Reply